2º Show do Paramore, Ultimo dia no PARAHOY + Cartinha de agradecimento

Não é um Adeus, é um começo de uma nova história! Desde o primeiro PARAHOY, o que deu merda e eu não consegui ir, eu estava extremamente com um aperto no coração de não poder participar desse grande “culto” em alto mar (rs). Mas é como eu digo: tudo tem a sua hora!
A oportunidade de ir no segundo PARAHOY foi uma das melhores coisas que aconteceram pra mim (Aliás, a segunda edição acontecer já é fato para ser comemorado com muita catuaba).

Desde quando anunciaram todos os preços, e todos os PARAnauê pra comprar eu fiquei meio perdido, não acreditei que estivesse realmente acontecendo. Mas quando eu finalmente paguei a primeira parcela (claro que parcelei em 48x com Juros) eu disse “Gente, vai demorar horrores para chegar. Ainda falta 1 ano”.


Pois paguei com a Língua. Nunca vi 1 ano VOAR como foi esse 2015 voou. Quando me dei conta já estava fazendo as minhas malas rumo aos EUA (e chorando com a cotação do dólar). Tudo foi muito especial pra mim. Menos o dólar.

Primeiro que eu pude reencontrar minha amiga Mayara que eu já não via a MUITO tempo. Eu tenho uma conexão muito grande com a May. Nos conhecemos em um Fã Clube do Paramore que fazíamos parte (Paramore and More, que foi uma das melhores coisas que eu já fiz na minha vida). May, te amo muito.

Segundo, pude reencontrar minha amiga Jéssica, que mora nos Estados Unidos. Entre todas as nossas diferenças (que são monstras) encontrei uma pessoa sincera e autêntica. Tudo isso só poderia dar em um amor meio gótico, meio gay. Jess, te considero pakas. Fala pro marcinho que também gosto dele (Marcinho é o cão homofóbico).


Terceiro. Visitei Nova York mais uma vez. A segunda cidade que eu mais amo no mundo. E mais do que visitar, mais uma vez estive com pessoas que eu amo e trouxe comigo MUITA história e vibe boa.

Quando desembarquei em Miami e fui encontrando várias pessoas que eu conhecia tudo parecia meio estranho. Parecia que de alguma forma eu ainda estava no Brasil, só que em um Aeroporto 899 vezes mais moderno e latino do que o nosso pobre GRU. Mesmo assim a minha ficha ainda não tinha caído, mesmo com essa sacudida de estar em Miami.

No decorrer da semana que passei em Miami pude conhecer um pouco mais de cada pessoa que estava comigo. É muito bom uma viagem grande, com várias pessoas diferentes, de lugares diferentes, mas que passaram horas dentro de um avião pela mesma causa.

Uma das melhores pessoas que eu conheci nessa jornada foi a Leka. O engraçado de tudo isso é que nos encontramos por um acaso em um grupo que estava juntando pessoas para fechar cabines no navio. Fechamos! Moramos na mesma cidade e NUNCA nos encontramos. Mas, no final, nosso encontro foi no momento certo. A Leka é uma pessoa doce, educada, talentosa. Resumindo: INCRÍVEL. Nos demos muito bem em todos os segundos e, com certeza, será uma amizade que eu quero comigo até o fim dos meus dias.

Pra mim, estar no PARAHOY foi muito mais do que apenas uma viagem. Primeiro de tudo, foi a realização de um sonho. Eu acompanho Paramore desde 2006. Tinha 13 anos quando eu ouvi a primeira música, 15 anos quando fui no primeiro show. Então pensa quanta história eu fiz ao som da melhor banda do mundo. E mais do que isso, acompanhar uma banda por tanto tempo é uma relação imensa que você constrói em torno dessa atmosfera.

No navio completei meu 9º show. Nessas 9 vezes que eu estive na fila de shows do Paramore eu conheci muita gente que até hoje está no meu círculo de amizade. E mais do que isso, conheci pessoas na internet, em fã clubs, que hoje são pessoas essenciais pra mim. É esse tipo de relação que você cria quando se dedica a uma banda.

Então estar no PARAHOY foi também um ótimo momento para eu conhecer muita gente e conhecer melhor que eu já conhecia. Conheci o Henrique de BH, que é uma pessoa com uma aura linda, companheiro, divertido, tarado. Conheci o Henrique de Porto Alegre que é a diva do século. Uma pessoa totalmente divertida, descontraída, estiloso, que eu também amei conhecer. O Márcio Henrique eu já conhecia (é muito Henrique para um post só gente). E ai eu amei mais passar bons momentos com ele. Outra pessoa super gente boa, total good vibes, e que vamos casar, né Márcio? HAHAH. Brinks. 

Minhas meninas que eu jamais vou esquecer: A Luana que eu já amei de cara só por ser Carioca. Menina você é do C***RALHO. Me contrata pra ser sua empregada ai na Alemanha que eu vou amar. Você zerou nesse Parahoy! Ainda quero te amar muito! Estou morrendo de saudade!

A LÍVIA! Lívia, quero te agarrar e passar um dia inteiro com você no meu colo. A fofa do ano. Amei muito te conhecer. A pessoa mais entendida de bandas e mundo pop do mundo. Você ainda vai ter um filho com a Lights, eu sinto. Obrigado mesmo por estar do meu lado nessa. Você é incrível.

A Mare Moreira, que eu tinha uma impressão totalmente diferente. Mas quando conhecemos as pessoas pessoalmente a coisa muda! E ainda mais do que isso, quando somos adultos e percebemos que estamos ali por uma mesma causa, nos juntamos e sai uma coisa só. Obrigado Maare por toda a atenção, respeito, e por poder compartilhar comigo um pouco desse momento incrível que foi o PARAHOY. Amei te conhecer melhor, e ainda vamos em muitos shows juntos!

Obrigado a todos! Meu curitibano (não sei se é Curitibano que fala) Vitor Augusto, o rei das fotos e do Paparazo com a Hayley. TE AMEI MUITO! E a minha Curitibana linda Jhessie Heuko, que dançou muuuuuuito comigo no headphone disco. Amei!

Trouxe comigo muita lembrança boa, voltei cheio de novas vontade e RENOVADO! Paramore é uma banda INCRÍVEL, que conecta pessoas, que nos trás boas mensagens e eu tenho um tremendo orgulho de poder dizer que sou fã!

Esse 1% que consegui gravar de tudo que aconteceu foi muito para mostrar um pouco de como é essa experiência para todos os fãs que estão não Brasil e não conseguiram ir. Queria MUITO que todos tivessem a oportunidade de sentir tudo o que eu passei nesses dias incríveis.
MUITO OBRIGADO MESMO a todos que acompanharam, que curtiram, que me mandaram mensagens... Foi incrível. Realmente nós, fãs Brasileiros, somos os MELHORES. Nos vemos em 2018???